De Dentro para Fora


As Artes Marciais Chinesas, tanto internas quanto externas, podem levar seus praticantes a um mesmo “lugar”. 

A diferença é que nas Artes Marciais externas, a busca por esse lugar vai de fora para dentro, enquanto que nas Internas este caminho é de dentro para fora.

As Artes Marciais Externas são Yang, buscam a Força Externa, mas também devem buscar o Yin que suporte essa força. 

As Artes Marciais Internas são Yin. Elas buscam o cultivo da Força Interna, mas também devem buscar a força Yang que permita sua manifestação.

Muitos alunos perguntam se eles podem fazer exercícios de alongamento ou de fortalecimento para melhorarem seu Tai Chi Chuan. A resposta é sim, afinal, como já disse, as Artes Internas e Externas podem levar a um mesmo lugar. O que se deve buscar para alcançar este lugar é a harmonia de Yin e Yang.

O Tai Chi Chuan Estilo Chen é uma Arte Marcial Interna que já traz o componente Yang em si. Seus praticantes frequentemente notam grande desenvolvimento de força, principalmente dos membros inferiores e costas, mas seu diferencial está no cultivo da Força Interna para que ela possa se manifestar externamente. Quanto maior a Força Interna, maior o fluxo energético e, consequentemente, maior a força física que se manifesta. Músculos, tendões e articulações irão se moldar cuidadosamente ao desenvolvimento desta Força.

Sabe-se também que a Força Externa se desenvolve mais fácil e rapidamente, enquanto que a Força Interna exige mais tempo de prática. Portanto, num primeiro momento, os efeitos das práticas externas surgem mais rapidamente, mas somente aqueles que também cultivam as práticas internas alcançarão a harmonia entre Yin e Yang.

Além disso, conforme chega a idade, é necessário que haja um Yin poderoso que suporte a manifestação do Yang. Em outras palavras, é necessário que haja um fluxo energético forte que direcione os movimentos dos músculos. Do contrário, as habilidades físicas, conseguidas apenas externamente, certamente decairão com mais velocidade.

Em suma, não há nada de errado em práticas externas de força, flexibilidade ou agilidade. Pelo contrário, quanto mais forte, flexível e ágil, melhor. Porém, alcançar a maestria no Tai Chi Chuan exige o desenvolvimento da Força Interna e a capacidade de comandar seu fluxo energético com precisão para que esse possa se manifestar externamente com eficiência e harmonia.

O Tai Chi Chuan do estilo Chen é uma fonte da harmonia entre Yin e Yang. Quem pratica, sente.
Boa prática!